Make your own free website on Tripod.com

Síndrome Piramidal

 

Síndrome Piramidal

 

Decorre da interrupção, anatômica ou funcional, da via corticoespinhal.

 

 

Sintomas negativos:

    1. Perda ou diminuição da motricidade, que atinge globalmente os membros.
    2. Diminuição ou abolição dos reflexos cutâneo-abdominais e cremastéricos.
    3. Atrofia muscular que decorre do desuso da musculatura.

 

 

Sintomas positivos:

    1. Sincinesias ® Movimentos associados anormais e se evidenciam nos membros deficitários quando o paciente executa determinado movimento.
    2. Sinal de Babinski
    3. Exagero do reflexo de automatismo ou de defesa ® Tríplice flexão do membro inferior ao estímulo nociceptivo.
    4. Hiper-reflexia profunda e/ou Sinreflexia (resposta ao estímulo do lado oposto também)
    5. Espasticidade

 

 

Causas mais frequentes:

AVC
Tumores
Doenças desmielinizantes
Processos degenerativos (esclerose lateral amiotrófica)
Traumatismos
Infecções

 

 

 

 

Síndrome Extra-Piramidal

 

 

Desordens hipocinéticas:

Acinesia, hipocinesia e bradicinesia ® Pobreza geral na motricidade automática e associada, com diminuição da expressividade facial e da mímica facial e gestual.

 

Desordens hipercinéticas:

Coréias
Atetose ® Movimentos involuntários que ocorrem nas partes mais distais de um ou mais membros, mas também pode ocorrer no tronco pescoço e face
Distonia ® Movimentos lentos com contrações muito vigorosas e de longa duração
Tremor ® Movimento involuntário estereotipado, rítmico, produzido por contrações alternadas ou sequenciais dos músculos agonistas e antagonistas de um segmento corporal
Balismo ® Sucessão de movimentos involuntários rápidos de grandes áreas do corpo, que se deslocam subitamente, devido a contrações musculares enérgicas e de curta duração